quinta-feira, 19 de julho de 2007

Novinho em folha

No princípio era o Verbo. Até que o verbo descambou para a verborréia e hoje em dia praticamente não há cidadão que se preze que não tenha seu BlogEspaço; incluso os que não se prezam nada; ou os que se prezam demais; já era hora de que também me achegasse.

Quem terá sido essa criatura malvada que me inculcou tamanho respeito por tudo que concerne à linguagem, mais precisamente à escrita, a ponto de não me permitir adentrar esse terreno, como se fosse o santuário da expressão humana? De onde esse impulso que é quase um pedido de desculpas por tentar cruzar a cortina de linho? Que acontece se me atrevo? Um raio fulminante?

Seja como for, hoje acordei um tanto quanto subversiva. É mais: prometo ser subversiva. Depositarei aqui todos os clichês que conheço, com a tremenda ousadia de quem publica uma descuberta por primeira vez, como se ainda existisse verdade que já não tivesse sido dita ou mentira que já não tivesse sido eloqüentemente calada. Vou parafrasear tudo que me parecer adequado e conveniente. Penso também em plagiar, plagiar muito, vírgula a vírgula, acorde por acorde, cor por cor… e citar no fim o autor apenas se me lembrar. Ousarei apelar a nomes consagrados, e, por muito blasfemar, correr o risco de que se remexam em suas tumbas ou em suas cadeiras almofadadas gemendo em bom som “Não foi isso o que eu disse! Por que não me deixa em paz, sua impertinente!”

Tão subversiva a ponto de me permitir algumas censuras de vez em quando, sempre que se fizerem necessárias.

Ainda não sei a que vim. Mas vim, e o certo é que já estou semi-à-vontade por aqui. E, repetindo um carinha aí… que seja infinito enquanto dure.

14 comentários:

Ataualpa disse...

Já era hora de que também se achegasse essa criatura malvada e um tanto subversiva ao BlogEspaço. Cheia de clichês e censora própria. Impertinente e as vezes ousada. Você comentou que apelaria a nomes consagrados, mas nao especificou "consagrados em que", pois aqui estou eu. Parafraseando tudo o que encontrei para que a blasfema sinta de seu próprio veneno. Preocupe-se, porque voltarei, uma e outra vez.Como o Verbo, aqui também estive no princípio. Marcando território (ops, um poste, shiiii).
Ata.

Helayne disse...

Puxa! Andreia está bonito, está suave (imagem, texto e som) e creio que ainda vai beirar ao divertido. Eu nao vou conseguir escrever bonito como o Ata, mas, se posso dizer algo é que valeu a pena esperar...

Sorte!

Ps: O título é lindo.

Um beijo no coraçao Helayne.

Andreia disse...

Ata, amore mio!!!!
Se não te conhecesse tão bem, diria que vc é um copião. Ou é que ainda não sabe que até para paráfrases faz falta um pouco de vocabulário próprio? Além do mais, isso não funcionaria, porque aqui a copiona declarada sou eu, não podemos ser os dois, que se eu te copio e vc me copia, no final caminharemos em círculo, ou nem nos movemos do lugar.
A propósito... posso publicar por aqui, nos bastidores, que vc teve uma coceirinha de vontade de escrever???? !!!! :-D

Helayne.... obrigada pelo comentário, valeu a força! Estava aqui pensando que esse fenômeno da multiplicação de blog's é algo interessantíssimo!!! (para os possíveis desavisados, o bom e velho 'Bueno, Pues Nada' se multiplicou por nada menos que quatro blogs distintos! Além desse, há outros dois universos paralelos dentro do Passarada de Olaria...vale a pena conferir.)
E o melhor de tudo é que no saldo final dessa matemática toda todos saimos ganhando, eu, tu, eles... ;)

Beijos!

Helayne disse...

Andreia...Deixei e-mail pra você.

Helayne.

Ps: O menor(foi o que eu equeci) tem que ler depois do maior.

Tchau.

habitantes disse...

¡Hay que celebrar mucho este blog tan esperado! Y para eso lo hago internacional. Le añadiría música pero ya tiene (¡y buena!), así que la fiesta está servida. Comida... no mucha, más bien me como las palabras. Bebida, sí, para el calor y además os gusta hablar, os encanta hablar y eso sempre é muito melhor, falando sem pausa.

Y bueno, pues eso, pues nada, hasta pronto. El habitante se vuelve a su vivienda.

Marlene Chaves disse...

Andrea eu adorei seu espaço, muito criativo e sei que será cheio de muitos temas interessantes,parabéns esta lindooooooooo!!!!!

Epsero que dure por muito e muito e muito tempo....


Beijos Marlene

Anônimo disse...

olá, Andréa.
Tudo podo ao que crê.Fiquei maravilhado ao ver o blog com sua iniciativa e gostei muito do conteúdo da mensagem que está a passar, mesmo que muitos não conseguem entender o seu significado, pois é preciso muita sabedoria para um discernimento do que está explícito. É através das mensagens sublimadas que alcançarão as pessoas alvas de nossos objectivos. Que Deus o abençoe no seu propósito.
Pr. Silveira
Troviscal - Portugal

Régia Cristina disse...

Cunhadinha, como sou discreta, sutil e delicada ....AMEEIIII!!!!!!Perfeito. Eu gostaria de escrever, me abrir utilizando as palavras, sem precisar me policiar e dosar a intensidade das expressões e formas das escritas. Bem como não tenho esse talento que lhe é nato fico aqui com o meu extremo exagero em te admirar,apreciar seu trabalho e sempre que der dar uma passadinha para ler algo da minha subversiva e amada cunhada!!!!A única que me tolera como sou!!Ahahahahah!!!!

Andreia disse...

Êba! Que alegria ver que as pessoas vão se achegando! É isso aí.... que venham todos, e, principalmente, que voltem sempre!

Sí Habitantes, celebremos! Que para las celebraciones siempre hace buen tiempo... y que no sea por falta de comida. Si no os sirvo una sopa de letras la podeis traer vosotros mismos, siempre y cuando queráis, será un placer!

Pois é Marlene... se dura ou não dura ainda vamos ver, mas o que sim eu sei é que durará o suficiente para a chegada do Yago, e vai merecer uma entrada com fotinho e tudo!

Pr. Silveira, muito obrigada pela visita! Ainda não sei muito bem o propósito do blog, nem mesmo sei se tem um, mas vou indo assim, devagar e sempre... muito obrigada pela visita e um grande abraço na família.

Régia, cunhada!!! Êta, saudade! Parece até que te escuto falando... continua quase igualzinha, ainda bem. :-)
Só não entendi muito bem foi essa modéstia toda, de onde saiu isso??!!! hahahaa
Aliás, vc poderia sim criar um blog, que tal? Assim a gente troca figurinhas por aqui. ;-)

Beijos!!!

fmop disse...

Saludos y gracias por la visita y el comentario.

Anônimo disse...

Oi Andréia, gostei muito do seu blog, não sou um especialista, mas já me disseram que a harmonia nos deixa em paz, e foi isso que senti ao abrí-lo, aconchegante.

Beijos

Endrizzo.

PS: Mande lembranças a todos, estou com saudades.

Cèsar Llamborda disse...

Hola Andreia,

Moltes gràcies per aquest link tant xulo.

Voldría demanar-te si ens pots fer arribar l'html per a instal.lar-lo al nostre blog, i també com ho puc fer per tal de col.locar el logo que has dissenyat amb l'html visible per tal de que la gent pugui fer copy and paste.

Obrigado!

cesarllamborda@gmail.com

silvia disse...

andréia, a gente se parece, vc gosta da Clarice, eu tb, vc gosta do Calvin, eu tb...rsrsrs
bob dylan... só que vc mora na Espanha, onde eu queria tb mas não estou...

Anônimo disse...

Por que nao:)